segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Rótulos




As vezes me pergunto do por que dos rótulos e essa louca nescessidade de julgar as aparências.
Daí,você se pergunta,julgar as aparências?
Sim,as aparências,após uma rapida observação,notei que as pessoas tem a necêssidade de definição,sentem que é preciso ter uma "imagem" de tudo e todos,mesmo sem o conhecimento necessário,é ai que ocorre os famosos equivocos.

Afinal,nem tudo é oque parece e acabamos por herdar uma novo fardo ou não,seja na escola,no trabalho,roda de amigos etc.Surgindo o rótlo colêtivo,aquele julgamento(precipitado) do qual a pessoa nem falou com você e por apenas,ouvir a opnião ou "ver" uma imagem que fora formada por outros,obtendo a mera conclusão: Você é chato,não gosto de você,ele é playboy,é isso e aquilo...

E pronto,está formada uma imagem sobre você,ocorrendo talvez o mais engraçado de tudo,cada pessoa ou grupo tem ou terá uma opinião sobre você.
Acho engraçado,e talvez seja esse o motivo de estar escrevendo isso,após ouvir a definição de várias pessoas que convivem comigo,notei que cada um me vê de forma bem especifica,claro há aspectos que foram unânimes =p .

Então me pergunto,pra que rotular as pessoas?Se somos seres totalmente voláteis!Para não alongar mais o assunto,hoje penso e repenso X vezes antes de definir pessoas,e aprendi a respeitar diferenças,gostos "estranhos" e talvez por isso,meu mundinho cresceu.

1 comentários:

Florinha Afável disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.