terça-feira, 11 de novembro de 2008

Mesmo te vendo

Mesmo te vendo todos os dias
sinto a sua falta
mesmo tão longe me sinto você por perto
as vezes você brilha as vezes a luz do luar te ofusca
no céu a brilhar você pode me olhar
brilhe para mim minha estrela
para que nas minhas noites de solidão
eu olhe para o céu e volte a sorrir

1 comentários:

Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.